Pagine

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Semo Rivai/ Chegamos

Para ver letra e tradução de outras músicas, clique aqui.
Para baixar essa música, clique aqui!
 
Talian
(Banda Àlamo)

Semo rivai, che grando e belo
Sto paese che ndemo de stare
Trenta tre giorni, in meso al mare
Vegnemo da distante, par morire con te

Che bel, che bel, che bel
Ghemo catà la cucagna
Chi sparagna gato magna, gato magna
Ndemo a passegiar (bis)

Tanti monti e tante piante
Le trombe sentiremo sonar
De un longo viaio semo rivai
É voemo vedere cossa scondi per noi

Tradução para português

Chegamos, que grande e lindo
Este pais que vamos ficar
Trinta e três dias em meio ao mar
Viemos de longe para morrer com você.

Que lindo, que lindo, que lindo
Encontramos o tesouro
Quem poupa não aproveita (o gato come)
Vamos passear.

Tantas montanhas e tantas árvores
As trombetas ouviremos tocar
De uma longa viagem chegamos
E queremos ver o que esconde pra nós.

Postagem e tradução/ Pubblicazione e traduzione: Jaciano Eccher

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

Un anno in piu / Um ano a mais ( Música para aniversário de casamento)

Para ver letra e tradução de outras músicas, clique aqui.
Para baixar essa música, clique aqui!



Italiano

Noi siamo come l'acqua che va al mare
Viandanti, sulle strade della vita
La vita che di noi non ha pietà
La gioventù che presto se ne và
Ma noi ci accontentiamo ci basta il nostro amor
Perché ogni compleanno ci trova uniti ancor.

Rit: Hai un anno in piu, hai compiuto solo ieri
Lo sciampagno qui per noi, questa sera siamo noi
che brindiamo volentieri.
Hai un anno in piu, tu però hai fermato il tempo
Non capisco come fai a restare come sei
Vivi nei miei desideri.
Miei regali e anche tuoi, sarò tua finché lo vuoi
Non dimenticarlo mai.

Lasciamo stare i amici li parenti
Noi soli a lume di candela
A vivere i momenti che sai tu
Ricordi che ci leggano di piu
E poi la notte intera e l'alba che verrà
Un anno a d'affrontare piu bello ancor sarà.

Tradução para português

Nós somos como a água que vai para o mar
Caminhantes, nas estradas da vida
A vida que de nós não tem misericórdia
A juventude que em breve vai embora
Mas estamos satisfeitos nos basta apenas nosso amor
Porque cada aniversário nos encontramos unidos ainda.

Ref: Você tem um ano a mais, fez apenas ontem
O champanhe aqui para nós, esta noite somos nós
Que brindamos a vontade
Você tem um ano mais, mas você parou o tempo
Eu não entendo como você pode continuar como é
Vive em meus desejos.
Meus presentes e os seus, serei tua até quando quiser
Não esqueças jamais.

Deixa pra lá os amigos e parentes
Só nós à luz de velas
Para viver os momentos que você sabe
Lembranças que nós leem mais
E então toda a noite e a madrugada que virá
Um ano a enfrentar, mais lindo ainda será.

Postagem e tradução/ Pubblicazione e traduzione: Jaciano Eccher



Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Entrevista em TALIAN com José Tonin de Nova Roma do Sul-RS

Varda che bon ascoltar un vero talian orgoglioso del so laoro e dela so faméia. Ze stato un gran piacere parlar con questo brào talian ntel "Eco Parque" fra tante cose bele, gente bona e anca bisse spaurose ma nò cative. .
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Temporale d'amore - Temporal de amor em italiano (Cristian e Ralf)

Para ver letra e tradução de outras músicas, clique aqui.
Para baixar essa música, clique aqui.




Versão em Italiano
(Cristian e Ralf)

Piogge in questo teto, vento sul portone
Io sono qui, in questa solitudine
Chiudo la finestra. fa freddo in questa stanza
Io sono qui, con la tua mancanza.

Rit: Pazzo per sentir tuo odore, pazzo per sentire tu sapore
Pazzo per bacciare tuo bacio, tanta nostalgia. Dove è il tuo abraccio?
Sono io che ti aspetto, con questo cuore che  a lei clama
Porti presto il tuo afetto, sono in questo letto con sogno che ti chiama

Quando cia arriverai, con la maglietta bagnata
Sarò il tuo sciugamano, per secare il tuo corpo, il tuo cuore
Quando ci arriverai la nostalgia va via, piovera sulla strada temporale d'amore.

Português ( Original)

Chuva no telhado
Vento no portão
E eu aqui nesta solidão
Fecho a janela
Tá frio o nosso quarto
E eu aqui, sem o teu abraço
Doido pra sentir seu cheiro
Doido pra sentir seu gosto
Louco pra beijar seu beijo
Matar a saudade

E esse meu desejo
Vê se não demora muito
Coração tá reclamando
Traga logo o teu carinho
Tô aqui sozinho
Tô te esperando
Quando você chegar
Tira essa roupa molhada
Quero ser a toalha
E o seu cobertor
Quando você chegar
Manda a saudade sair
Vai trovejar, vai cair
Um temporal de amor
Doido pra sentir seu cheiro
Doido pra sentir seu gosto
Louco pra beijar seu beijo
Matar a saudade
E esse meu desejo
Vê se não demora muito
Coração tá reclamando
Traga logo o teu carinho
Tô aqui sozinho
Tô te esperando

Postagem: Jaciano Eccher


Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

Orgólio de parlar e scriver in Talian - Ademar Lizot

Altro giorno, un dotore avocato, molto studioso, dessendente de talian stesso noantri, magari scarso de sentimenti e umiltà, me gà domandà parcossa parlar e scriver in Talian, questo idioma dei taliani-vèneti in Brasile? El me gà dito con la so impàfia, che el talian che parlemo qua in brasile, nò gà assolutamente gnancaun doperamento e che se volemo parlar e scriver bisogna farlo in talian-formale el idioma de Dante Alighieri.

Me gà vignesto sú la Madona, le fumane, go fin mola due o tré porchi. Dopo con passénsia, go rumina í pensieri e gò rispondesto con ànima e cuor a quel matussel. Le parole me ze végnesto lìmpide e infalíbele, parche Santantoni, mio santo, `l sempre insieme a me, cossi el me gà sciara í sarvei e gó dito un poche de parolete drite e giuste come na scòpola, parche bisogna che el sepie che ghené na cosa piú importante che le règole, le convension e questa cosa ze la sensibilità, el rispeto che gavemo per nostri antenati. Mio pupà me gà ensegna, ancora quando zera picoleto che la persona che nó gà orgólio dea so zente, so costumi, so stória, so parlar, `l un porocan, na mìsera ànima, un pòvero disgrassià. Dopo gó dito che mi son un cristian che gò rispeto e orgólio per í nostri antenati, persone de coraio e dignità, gò rispeto par la so stória de onorabilità e braura, par so esémpio de vita e laoro. Nostri noni í ze vignesti qua in Mèrica, infrontar la natura e le béstie de ferossità, questi bravi, con fede in Dio, laoro e inteligensa, í gà fonda paese e cità, fati su col sudor del so sángue e tanti í gà perso la vita par tirarle su, bele, maestose e esémpio par tuti e í gà fato dea fámeia e del laoro el sentido dea so vita. Questi bravi í gávea so cultura, so léngua, che qua insieme co í altri dialèti, gà forma el nostro Talian. Questa ze la nostra légua materna, che gavemo ciucià dele tete de nostre madre. Nostri noni e bisnoni povereti, prima í gà perso la pátria Taliana, ì la ga cavada via de rento del cuor, come un bambin de so mama. Cossi nostri antenati í ga fato su, qua in mérica, la so Itália brasiliana. Ntei ani quaranta del sécolo passà, quando el mondo zera in guera, el goerno brasilian gà fato la imbecilità de proibir che se parlese el nostro dialeto, ze stato na granda ingiustìssia con nostra zente, che tanti nói savea parlar in brasilian e gnanca gávea í maestri per insegnarli, cossi, povereti, í gà patio brute robe e tanti ndato in galera, sensa delito. Tutavia el coraio de nostri antenati ze stato piú forte che la stupidità dei goernanti e la nostra cultura, nostro parlar, l`é vignesto piú forte ancora. Gràssie a Dio, adesso el nostro idioma l`é ricognóssuto par el goerno brasilian come patrimònio de questo paese, che gà ricévesto nostro pòpolo rento de so cuor. Adesso gavemo literatura e anca el dissionàrio portughese-talian. Alora noantri gavemo la obrigassion, la responsabilità de parlar e scriver in talian, de menarlo avanti, de parlar ai nostri fioi e nipotini, insegnàndoghe la significassion de una cultura cossi granda, bela e fata de sudóri e sángue e che no la pol sparir mai piú. El segnal de nostra identità ze la nostra léngua, el nostro parlar talian e mi sempre digo a tuti che nó sté mai assar la de parlar nostro dialeto e che gavè da vérghe orgólio, mai vergogna.

El dotore avocato, pien de impàfia e scarso de umiltà, no`l savea piú cossa dir. Cossi quelo baúco, el gà inténdesto, che noantri gavemo la nostra identità e che questo talian che parlemo qua, lo parlemo in nostro paese de nassità e che el talian-formale de Dante Alighiere, ze la léngua de altro paese lontan, paese amiràbile, ma che adesso par noantri dessendente dei migrante, quela pátria lontan, la ze stesso de na zia predileta, caríssima, che volemo bene e che tuti ani bisognarea ndar trovarla.

Ademar Rocco Lizot 
Quer aprender talian? Então clique aqui!
Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

domingo, 8 de janeiro de 2017

Programa La Voce Veneta - Ascolta adesso

Ascolta adesso nantra edission del Programa La Voce Véneta, per ascoltare bisogna che te spùncie sule parte del programa che te vol udir.

Parte 1
Parte 2
Parte 3
Parte 4

Me ga giutà me morosa Katiane e me fiostro Jackson Meurer.

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Evidenze - Música Evidencias em italiano (Cristian e Ralf)

Para ver letra e tradução de outras músicas, clique aqui.
Para baixar essa música, clique aqui.




Italiano

Quando dico che io non t'amo piu, è perché t'amo
Quando dico che io non ti voglio piu, è perche ti voglio
Io ho paura che questo cuore non mi chiami, ti confessare che sono nele tue mane
Ma non posso immaginare se tu se ne vade via
Io me alontano me difendo così da te, ma poi ritorno
Facio finta dico cose per giocare, per dopo negare
Ma la verità è che sono troppo mato per te
Io ho paura che tu non pensi ancora a me
Devo acetare che non possiamo piu, separare le nostre vite.

In questa pazzia dico sempre che non voglio
Dico no a le aparense, ma sono tante le evidenze
Che non so perché mentire, se non posso piu ingannare mio cuore
Lo so che ti amo
Basta con bugie, di negare quel che faccio
Lo te voglio piu di tutto
Ho bisogno del tuo bacio
Ti lascio la mia vita, per fare quello che vorrai così
Voglio sentirti dire a me sempre de si
Dime chi è vero, che è sincero, che tu ti pensi tanto ancora a me
Dime chi è vero, che è sincero, che vuole stare sempre ensieme a me.


Original (Português)

Chitãozinho e Xororó.

Quando digo que deixei de te amar é porque eu te amo
Quando eu digo que não quero mais você é porque eu te quero
Eu tenho medo de te dar meu coração
E confessar que eu estou em tuas mãos
Mas não posso imaginar o que vai ser de mim
Se eu te perder um dia

Eu me afasto e me defendo de você, mas depois me entrego
Faço tipo, falo coisas que eu não sou, mas depois eu nego
Mas a verdade é que eu sou louco por você
E tenho medo de pensar em te perder
Eu preciso aceitar que não dá mais
Pra separar as nossas vidas

E nessa loucura de dizer que não te quero
Vou negando as aparências, disfarçando as evidências
Mas para que viver fingindo
Se eu não posso enganar meu coração
Eu sei que te amo

Chega de mentiras, de negar o meu desejo
Eu te quero mais do que tudo,
Eu preciso do teu beijo
Eu entrego a minha vida
Pra você fazer o que quiser de mim
Só quero ouvir você dizer que sim

Diz que é verdade, que tem saudade
Que ainda você pensa muito em mim
Diz que é verdade, que tem saudade,
Que ainda você quer viver pra mim.

Postagem: Jaciano Eccher 

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

Nonno Alpino - Música com letra e tradução

Para ver letra e tradução de outras músicas, clique aqui.
Para baixar essa música, clique aqui.



Italiano

In un cassetto fra tante cose vecchie, un pò ingiallita ed anche un pò sbiadita
trovai la foto di un volto famigliare, era mio nonno quando era militare.
Corsi da lui gridando :"Guarda nonno cos'ho trovato lassù..lassù in solaio !"
E nel suo volto io vidi un mutamento, mi strinse a sè e mi volle raccontare...

"Ero un Alpino tanti anni fa, giovane e bello come il tuo papà.
Questo cappello con la penna nera, sarà il ricordo che ti lascerò".

Ricordo il nonno che era sempre così forte, con quella foto lo feci emozionare..
Con la sua mente tornò a quei vent'anni, quando la guerra gli rubò la gioventù.
Restò in silenzio, capii stava pensando ai vecchi amici e al suo reggimento.
Mi accarezzò e disse :"Voglio pregare !"
Guardando il cielo incominciò a cantare..

"Dio del cielo stai vicino a noi, ai vecchi Alpini, quelli come me.
Quando saremo lassù in Paradiso, noi pregheremo per l'umanità".

Era passato poco tempo da quel giorno, ricordo il pianto negli occhi di mia madre che si chinò e con voce tremolante,
mi diede un bacio dicendomi così :
"Il nonno ha vissuto sempre come un bravo e vero ALPINO !"

Tradução para português

Em uma gaveta entre tantas coisas velhas, um pouco amarelada e também um pouco desbotada
Eu encontrei uma foto de um rosto familiar, era o meu avô quando ele era militar.
Corri até ele gritando: "Olha o que eu encontrei avô la em cima, la em cima no sótão"
E em seu rosto vi uma mudança, apertou-me a ele queria me dizer ...

"Eu era um Alpino há muitos anos, jovem e bonito como o seu pai.
Este chapéu com pena preta, será a lembrança que eu vou te deixar ".

Lembro-me de meu avô que sempre foi tão forte, com aquela imagem que o fez emocionar ..
Com sua mente voltou aos vinte anos, quando a guerra lhe roubou a juventude.
Ficou em silêncio, eu sabia que ele estava pensando em velhos amigos e ao seu regimento.
Acariciou-me e disse: "Eu quero rezar"
Olhando para o céu começou a cantar ..

"Deus do céu fique próximo a nós, aos velhos Alpinos, pessoas como eu.
Quando estaremos lá em cima no céu, vamos rezar pela a humanidade ".

Pouco tempo passado depois aquele dia, lembro-me as lágrimas nos olhos de minha mãe se abaixou e com voz trêmula,
Ela me deu um beijo e disse assim:
"O avô viveu sempre como um bom e verdadeiro ALPINO!"

Tradução e postagem/Traduzione e pubblicazione? Jaciano Eccher
Sugestão de postagem/Suggestione de pubblicazione: Odete Ana Delazzari

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Un tosato del véneto parla un poco con nantri qua del Braxil.

Ascolta cosa un bravo toso de sèdese ani raconta per nantri qua del Brasile. La registrassion ze stata fata via Whatsapp nel Programa La Voce Véneta.





Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Vécchio paesello - Velha cidadezinha

Para ver letra e tradução de outras músicas, clique aqui.
Para baixar essa música, clique aqui.

Italiano
Las Vegas Band/ Letra Litti.F


Quel giorno che ho lasciato il paesello
Credevo che ben presto sarei ritornata
Vedevo le colline e il mio amato ruscello
Sentivo tutti i profumi di dove son nata

Rit.  Se qualche volta anche il nostro destino
Non ti fa scegliere quello che vuoi
Porta nel cuore quei giorni felici
Non scordarli mai

Voglio tornare al mio Vecchio Paesello
Ritrovare gli amici, non lasciarli mai più
Poi quando è sera, al mio Vecchio Paesello
Tutti attorno a un camino
Si mangia e si brinda alla felicità

Dopo vent’anni sono tornata al paesello
Verdi colline e rovi coperti di more
Ad aspettarmi solo il mio amato ruscello
Ma degli amici solo un ricordo nel cuore

Se qualche volta anche il nostro destino
Non ti fa scegliere quello che vuoi
Porta nel cuore quei giorni felici
Non scordarli mai


Poi quando è sera, al mio Vecchio Paesello
Tutti attorno a un camino
Si mangia e si brinda alla felicità

Porto sempre nel cuore il ricordo più bello
Il mio Vecchio Paesello



Tradução para português

Naquele dia em que deixei o pequeno município
Eu acreditei que iria voltar em breve
Eu podia ver as colinas e meu amado riacho
Sentia todos os perfumes de onde eu nasci.

Ref: Se qualquer hora também o nosso destino
não te faz escolher aquilo que queres
Carrega em seu coração aqueles dias felizes
Não esqueças mais.

Quero voltar a minha velha cidadezinha
Rencontrar os amigos, não deixa-los nunca mais
Então, qualquer tarde, minha velha cidadezinha
Todos em torno de uma lareira
Comer e beber, um brinde à felicidade.

Depois de vinte anos voltei a minha velha cidadezinha
Colinas verdes e amoreiras cobertas de amoras
Faz- me esperar somente meu amado riacho
Mas dos amigos apenas uma lembrança no coração.

Ref: Se qualquer hora também o nosso destino
não te faz escolher aquilo que queres
Carrega em seu coração aqueles dias felizes
Não esqueças mais.

Quero voltar a minha velha cidadezinha
Rencontrar os amigos, não deixa-los nunca mais
Então, qualquer tarde, minha velha cidadezinha
Todos em torno de uma lareira
Comer e beber, um brinde à felicidade.

Então, qualquer tarde, minha velha cidadezinha
Todos em torno de uma lareira
Comer e beber, um brinde à felicidade.

Carrego sempre no coração a lembrança mais linda,
Minha velha cidadezinha

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Solo Amore - Música É o Amor em italiano (Cristian e Ralf)

Para ver letra e tradução de outras músicas, clique aqui.
Para baixar essa música, clique aqui.



Italiano

Non posso negare che sono mato così per te, ho tanto voglia di vederte, non posso negare
Non posso negare che senza te non c'è realtà tu mi porta la felicità, non posso negare
Non posso negare che sei mio dolce vero, mio piccolino cielo, non posso negare
Tu sei la mia dolce amata, mia allegria, racconto de fata, mia fantazia, la pace che ho bisogno per vìvere.
Io sono tuo apassionato di ànima trasparente, un puo allucinato, un puo incosciente, una stòria complicata da capire.

Rit: Solo amore, che mi fa girare la testa e mi lascia così,
Che mi fa pensare a te e scordare di me
Che mi fa scordare che la vita è fata per vìvere.

Solo amore, che ha colpito mio cuore con un sparo de emozione
Che ha strappato la base forte della mia passione
E ho capito che la vita è niente senza te.

Non posso negare che sei mio dolce vero, mio piccolino cielo, non posso negare
Tu sei la mia dolce amata, mia allegria, racconto de fata, mia fantazia, la pace che ho bisogno per vìvere.
Io sono tuo apassionato di ànima trasparente, un puo allucinato, un puo incosciente, una stòria complicata da capire.

Português (original)

Eu não vou negar que sou louco por você
Tô maluco pra te ver
Eu não vou negar

Eu não vou negar sem você tudo é saudade
Você traz felicidade
Eu não vou negar

*Eu não vou negar você é meu doce mel
Meu pedacinho de céu
Eu não vou negar

Você é minha doce amada
Minha alegria
Meu conto de fada
Minha fantasia
A paz que eu preciso pra sobreviver

Eu sou o seu apaixonado de alma transparente
Um louco alucinado meio inconsequente
Um caso complicado de se entender

É o amor
Que mexe com minha cabeça
E me deixa assim
Que faz eu pensar em você esquecer de mim
Que faz eu esquecer que a vida é feita pra viver

É o amor
Que veio como um tiro certo no meu coração
Que derrubou a base forte da minha paixão
E fez eu entender que a vida é nada sem você

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

El nadal - Ademar Lizot

L `anima del nadal ze la nàssita de Gesú! L`é Anca la note piú bela del ano, la note dea umiltà, dea simplissità e soratuto de ringrassiar a Dio.
De cavar el capel, indenociarse e dir con ànima e cuor:...
Ó mio Signore gràssie di tuto quelo che mi daí.
Gràssie, par la benedission de esser pupà de tré fiole e fiol de due madre!
Gràssie, par í mei nipotini!
Ringrassio par la sposa che Te me gà destinà, persona che me gà insegna tante cose bele e giuste, la ga de èssere par sempre mia Regina!

Ringrassio par mio pupà e madre che me ai dato, coloni co le man piene de calositá, sporche de tera ma con la cossiensa e ànima límpida e pura, persone de umiltà e aotentissità, che me gà insegna che`l nadal ze la festa dea nàssita Gesù e che el ” pupà-noel”, `l un sogno, na fantasia de persone che ghe piase í soldi e che poareti de ànima, í gà la ilussion che un regalo ze piú importatante che un abrasso, un bacio, na parola de amabilità.

Gràssie par í mei due fradei, cristiani de cuor pien de bontà!
Gràssie par í me tre zendri, persone con caráter pien de generosità e simplissità!
Gràssie par el nostro magnar, nostra polenta, nostro pan e nostro vin!
E gràssie Signor par farme carpir che la mèio richessa l`é volerse ben!

Ademar Rocco Lizot# Nadal de due mila e sédici..

Ver toda a postagem/Vedere tutto ››